Rio pra quê?

23 set

Um passeio pela ciclovia às margens do Rio Pinheiros é sempre inspirador. Poder chegar pertinho do que era um rio, senti-lo, respira-lo, deveria ser obrigação de TODO MUNDO que mora em São Paulo.

Aquela ciclovia, apesar de problemática pq tem poucos acessos e fecha às 18h, tem uma importância social inquestionável.. ela possibilitou que as pessoas presenciem o crime que cometemos durante décadas de descaso ao meio ambiente. O rio virou um esgoto a céu aberto, fede, está sujo, poluído e morrendo aos poucos.

Ao pedalar ali fica claro o desprezo de quem passa de carro pela marginal. Vidros fechados, ar condicionado, insufilm,

velocidade alta. Assim o paulistano foge da realidade e se esconde do que o incomoda, passa por cima dos problemas e das pessoas como se fossem um simples quebra-molas. É mais fácil fugir do problema do que encará-lo!

E mais uma vez a bicicleta é o instrumento que viabilizou esse olhar!

Triste, lamentável, vergonhoso. Mas as capivaras que encontramos ao longo do caminho nos

fazem lembrar que ainda existe vida por ali e onde há vida há esperança.

Choque de realidade, banho de água fria.

Recomendo (ainda mais pq é um passeio super gostoso mesmo, 28km ida e volta)!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: