Acidente? Fatalidade?

16 jun

 

Entenda pq o atropelamento do Seu Antônio NÃO FOI ACIDENTE, NEM FATALIDADE!

Além do vídeo-tapa-na-cara, sugiro ler os posts do Willian Cruz no blog Vá de Bike e da Renata Falzoni na ESPN que detalham um pouco mais nossa revolta quando incidentes de trânsito são entendidos como “acidentais e fatalidades” pela imprensa, poder público e população.

Quando os responsáveis por garantir segurança no deslocamento das pessoas (independente do meio de transporte) se EXIMEM da culpa de não proporciona-la (leia-se: especialmente aos pedestres e ciclistas), eles são RESPONSÁVEIS DIRETOS E INDIRETOS pelas mortes e tragédias provocadas pela violência no trânsito. Ou seja, não tentem culpar a vítima pela própria morte: TODOS QUEREM/PODEM/TÊM DIREITO DE USAR A BICICLETA NAS RUAS, MAS NINGUÉM AQUI QUER MORRER!

Anúncios

Uma resposta to “Acidente? Fatalidade?”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: